Tem gente que diz que mulher sem nenhum “defeitinho” não existe, e as estrias estão aí para comprovar que não existe mesmo. Todas as mulheres – e até homens – estão sujeitos a essas inconvenientes cicatrizes que aparecem por diferentes motivos e chegam sem aviso prévio. Magras, altas, gordinhas, saradas, quem engorda e emagrece muito rápido, grávidas, garotos que fazem musculação… Todo mundo pode ter. E se você tiver predisposição genética, ou seja, se sua mãe tem estrias, é ainda mais certo que elas possam aparecer em você.

De acordo com o dermatologista Luiz Roberto Terzian, que desenvolve um estudo sobre estrias na Unifesp (Escola Paulista de Medicina), a estria se forma com o rompimento e conseqüente lesão das fibras elásticas e colágeno da pele. “Quando há um crescimento muito rápido e a elasticidade da pele não agüenta, as cicatrizes se rompem. Isso acontece especialmente na adolescência, quando ocorre o maior crescimento do nosso corpo”, explica.

O dermatologista Otávio Macedo, especialista em dermatologia e estética, diz que na adolescência a produção dos hormônios estrógeno e progesterona aumentam, e é mais fácil as fibras de colágeno e elastina se romperem. Portanto, nessa época é normal que as estrias apareçam, principalmente em determinas regiões, como os seios, coxas, costas, bumbum e barriga.

Luiz Roberto associa a formação da estria com uma bexiga de aniversário bem cheia, e esvaziada em seguida. “A borracha não suporta o crescimento, e quando a bexiga murcha, você percebe que ela ficou cheia de marquinhas. No efeito sanfona, por exemplo, a pessoa engorda e a pele estica, mas ela só percebe o aparecimento de estrias quando ela emagrece”.

Identificando a inimiga

Existem dois tipos de estrias: as avermelhadas, que são as mais recentes, e as esbranquiçadas, mais antigas. Se o tratamento for iniciado quando as estrias ainda estiverem vermelhas, ele terá mais resultado, pois nessa fase as células têm mais capacidade regenerativa. Quando a estria já está branca, os tratamentos conseguem apenas estreitá-la e atenuar a depressão.

Então, o que fazer?

A estria é um problema que não tem solução total, mas o dermatologista Otávio Macedo afirma que já existem tratamentos médicos e estéticos que podem suavizar bastante as cicatrizes. Segundo ele, os procedimentos que dão mais resultado são aqueles realizados por médicos especializados, pois são tratamentos mais agressivos. Alguns exemplos são os cremes à base de ácidos, injeções de vitamina C, microdermoabrasão, lixamento da superfície, peeling e laser. Existe também uma técnica chamada cromopeeling, um tipo de “tatuagem” para disfarçar as cicatrizes. Em todos os casos, é muito importante não tomar sol enquanto você estiver fazendo qualquer tipo de tratamento.

Esses tratamentos costumam compreender várias seções e, por isso, podem acabar ficando caros. Quem precisa de uma solução mais acessível, pode tentar um creme manipulado, mas sempre receitado por um médico. “Os bons cremes precisam de receita médica”, explica o Dr. Luiz Roberto.

“A prevenção é o melhor remédio”

As estrias podem aparecer mesmo se houver prevenção, mas tomar alguns cuidados é a melhor forma de evitar o problema. “Portanto, mesmo que você não tenha, ou tenha poucas estrias, passar um hidratante após o banho é sempre bom”, diz o Dr. Otávio. “Cremes com colágeno e vitamina E associados com massagem podem fazer com que as estrias apareçam com menos intensidade ou não apareçam. Mas isso não significa que você estará livre delas”, acrescenta Luiz Roberto.

Além disso, manter o corpo bem hidratado, bebendo cerca de dois litros de água por dia, evitar oscilações de peso e não exagerar na musculação (pratique atividades físicas com moderação) também ajuda a manter as estrias longe do seu corpo. Mulheres grávidas devem dar atenção especial à hidratação da barriga e dos seios, partes do corpo que crescem bastante nessa época e acabam sendo alvo das estrias.

Que mulher que não gostaria de se entregar todos os dias nas mãos de profissionais tarimbados para cuidar do rosto, corpo e cabelos? Porém, com a correria do dia-a-dia, nem sempre isso é possível e o jeito é lançar mão dos tratamentos potentes para fazer em casa mesmo.

Para te ajudar a ficar mais linda, especialistas dos mais disputados centros de estética e spas do Brasil dão as melhores receitas caseiras para você cuidar do corpo, rosto e cabelo.

Antes de iniciar qualquer um destes procedimentos, prepare o ambiente. Coloque para tocar uma música bem alto-astral e deixe a luz do sol iluminar o local. Acenda uma vela aromática e ou incenso para perfumar a área. Depois é só relaxar e curtir este momento só seu.


1. Hidratar, clarear e afinar a pele do joelho, cotovelo, axila e verilha
Coloque uma colher de sobremesa de manteiga de karité em um potinho, adicione uma colher de sopa de semente de gergelim ou semente de linhaça e misture bem. Friccione com as mãos nas regiões e deixe agir por cinco minutos. Lave suavemente com sabonete líquido, seque e hidrate com creme de manteiga de karité.
Freqüência: uma vez por semana.


2. Hidratação para cabelos tingidos, com reflexo ou luzes
Aplique uma máscara capilar de manteiga de karité em toda a extensão dos fios, evitando contato com a raiz. Envolva os cabelos com papel-alumínio com a parte luminosa em contato com os fios. Deixe agir por 20 a 30 minutos. Lave e enxágüe com xampu e condicionador indicados para o seu tipo de cabelo.
Freqüência: uma vez por semana ou sempre que sentir necessidade.


3. Máscara para mãos mais macias
Derreta em banho-maria um pouco de parafina sólida, espere esfriar sem que endureça e mergulhe as mãos. Assim que aderir a pele, envolva-as com filme plástico. Retire a parafina depois de agir por 30 minutos.
Freqüência: uma vez por semana.


4. Tonificação para a pele flácida das fumantes
Descasque e amasse a polpa de um kiwi. Aplique sobre a pele como um exfoliante. Em seguida retire com água fria. Depois aplique uma compressa com gaze umedecida em suco de maracujá e deixe agir por 20 minutos. Para finalizar é só fazer uma máscara de manga com iogurte natural (bata a manga e o iogurte no liqüidificador) e deixá-la agir por 10 a 15 minutos. Lave com sabonete neutro e, se sentir a pele repuxar, aplique um hidratante indicado para seu tipo de pele.
Freqüência: uma vez por semana ou quando que sentir necessidade.


5. Lifting facial caseiro
Lave o rosto com sabonete neutro e em seguida aplique uma compressa de gaze umedecida em chá de camomila gelado. Deixe agir por cinco minutos. Depois aplique uma máscara feita com clara de ovo levemente batida. Retire com água gelada após 15 minutos. Esse tipo de lifting facial é bastante indicado para preparação da pele antes da maquiagem, pois tem um efeito extremamente rápido.
Freqüência: uma vez por semana ou sempre que sentir necessidade.


6. Banho relaxante para os pés
Prepare uma bacia com água morna. Coloque no fundo dela bolinhas de gude, uma colher de sopa de sal grosso, camomila a gosto e uma pedrinha de cânfora. Massageie os pés com as bolinhas de gude por 30 minutos.
Freqüência: pode ser feito diariamente.


7. Compressa contra olheiras
Uma alternativa caseira é utilizar água morna, alternada com água bem gelada ao lavar o rosto. A água quente é vasodilatadora, e a água gelada é vasoconstritora, o que provoca um choque térmico, ativando a circulação e acalmando assim a região dos olhos.
Freqüência: pode ser feito diariamente.


8. Suavização e prevenção de estrias
Lave a área das estrias com um sabonete que contenha elastina. Com uma bucha vegetal, massageie suavemente com movimentos circulares. Enxágüe bem e, em seguida, passe óleo de amêndoa doce ou óleo de rosa mosqueta. Este tratamento pode ser feito até três vezes por semana. Para reforçar este cuidado, aplique sobre as estrias uma máscara de algas em pó diluída em água morna até virar uma pasta. Deixe agir por 25 a 30 minutos. Lave com água morna e seque.
Freqüência: a máscara pode ser aplicada uma vez por semana.


9. Massagem para amenizar as rugas
De frente para um espelho, massageie o rosto todo com movimentos circulares, de baixo para cima e de dentro para fora. Após a massagem, aplique um creme antiidade.
Freqüência: dias alternados.


10. Descoloração de pêlos corporais
Primeiro proteja a pele com óleo de amêndoas ou vaselina sólida e só depois aplique a mistura de pó descolorante com água oxigenada 30 volumes. Deixe agir até que os pêlos clareiem. Retire com água em abundância. Em seguida, aplique um creme hidratante. Evite esse tratamento se a pele estiver irritada.
Freqüência: a cada 15 dias.

Estrias

maio 16, 2008

O aparecimento de estrias nada mais é que uma “rachadura” na pele, que é formada por três camadas – epiderme, derme e hipoderme.Na derme, existe uma maior concentração de fibras. O conjunto de fibras é responsável pela elasticidade da pele, já que forma um verdadeiro elástico composto de colágeno e elastina, entre outros elementos. O rompimento destas fibras forma uma cicatriz interna e origina a estria.As razões são as mais diversas, podendo ser um aumento rápido de peso, um grande acréscimo de massa muscular em pouco tempo, alterações hormonais, ganha e perde de peso constante, obesidade, entre outros.

A dermatologista da Unifesp, Ediléia Bagatin, afirma que estudos recentes apontam para uma tendência genética em que há um defeito da resposta do tecido conjuntivo da pele em ocasiões de estiramento exagerado.

Estrias avermelhadas são as mais recentes. Ediléia explica que “nessa fase há um componente inflamatório”, por isso a diferença na cor das estrias mais tardias. Estas últimas são brancas e são as chamadas “cicatrizes lineares”, não apresentam mais o processo inflamatório, mas sim uma certa atrofia da pele.As promessas dos diversos cremes existentes no mercado para prevenir, ou até mesmo acabar com as estrias, parecem duvidosas. A dermatologista ressalta que ainda há dúvidas que uma boa hidratação pode prevenir ou melhorar o aspecto feio na pele causado pelas estrias. Eles apenas hidratam a pele, segundo Ediléia.”O melhor tratamento é o uso do ácido retinóico na forma de creme, em concentrações altas, e também na forma de peeling químico”, diz a dermatologista. Os cremes podem ser aplicados em casa e o peeling só sob prescrição e acompanhamento médico.

ELIMINE AS ESTRIAS!

maio 6, 2008

Elas surgem com o rompimento de fibras elásticas, causado por um aumento rápido de peso ou massa muscular, alterações hormonais, obesidade, famoso efeito sanfona, uso indiscriminado de corticóides, entre outros fatores. Mais do que um incômodo estético, provoca baixa auto-estima, fazendo com que homens e mulheres passem a vida escondendo o próprio corpo. Uma boa notícia: agora é possível de livrar das estrias com Galvanic Punture Terapy!
Como é: o tratamento consiste em estímulos físicos e elétricos. Através de uma pequena agulha, que estimula uma complexa regeneração tecidual. Ocasionando melhora da flacidez local, harmonização do tom da pele, recuperação da textura original com nivelamento do tecido. Os resultados são visíveis tanto em estrias vermelhas, quanto em estrias brancas com mais de 10 anos!
Contra-indicação: portadores de marca-passo, gestantes, diabetes, hemofilia, síndrome de Custhing e pacientes que façam uso em grande quantidade de corticóides e ou esteróides.
Avaliação: o número de sessões, intervalos entre os procedimentos, bem como outras técnicas a serem associadas, são indicados após uma consulta personalizada, pois são levados em consideração fatores como idade do paciente, coloração das estrias, região acometida, quantidade, largura, idade da lesão, etc. Tais informações são importantes para que se monte um protocolo de tratamento de acordo com as necessidades e expectativas individuais de cada paciente.

Apague a tatuagem
Quantas pessoas você conhece que se arrependeram de ter tatuado o corpo e por não terem a opção de apagá-las, fizeram outra por cima? Não é preciso mais disfarçar o problema, pois com o tratamento a laser, é possível apagar as tatuagens mais recentes.
Como é: o laser nada mais é que a amplificação da luz pela emissão estimulada da radiação. Essa luz amplificada é absorvida pelo tecido alvo, causando o seu rápido aquecimento e logo depois a sua destruição. O laser age diretamente no problema a ser solucionado e não causa lesões na pele, evitando, assim, a formação de cicatrizes. Pulsos de luz do laser quebram a tinta da tatuagem, os pigmentos de profundidade absorvem o laser, que irá aquecê-los, fazendo com que eles se fragmentem em micropartículas.
Contra-indicação: porém, esta técnica de tratamento é contra-indicada para gestantes e pacientes que façam uso em grandes quantidades de esteróides e ou corticóides.
Avaliação: pode ser aplicada em todos os tipos de pele, mas é necessário fazer uma consulta de avaliação minuciosa, pois fatores como idade do desenho, tipo de tinta utilizada, cores utilizadas, tamanho, localização, foto-tipo de pele do paciente são determinantes para a indicação do número de sessões de laser para remoção.

Veja mais:

Corpo no divã

A pele estica e se rompe, a borda cicatriza e pronto, seu corpo ganhou uma estria, marca mais do que indesejada tanto para homens como para mulheres. E para piorar a situação, ainda não existem tratamentos que eliminem totalmente esses abomináveis sinais que insistem em permanecer.

A prevenção é a melhor forma de tratamento e hidratar intensamente a pele é de extrema importância. Vários fatores contribuem para o aparecimento das estrias, e mesmo prevení-las é complicado. “As causas de seu aparecimento são muitas como: crescimento na puberdade, aumento de peso, gravidez ou o uso crônico de medicamentos a base de corticosteróide”, explica o cirurgião-dermatológico Rogério Ranulfo.

O problema, que atinge mais mulheres do que homens pode estar presente em qualquer parte do corpo, mas geralmente atacam as áreas mais femininas, como bumbum, seios e barrigas“. Para cada lugar e tipo de estria é indicado um tratamento”, afirma o especialista. Pensando em todas essas dúvidas, separamos alguns tratamentos para você escolher o que melhor se adapta ao seu problema.

Tratamentos:

“Melhor prevenir do que remediar”, esse velho ditado funciona como alerta contra essa inimiga terrível que teima em nos perseguir. Então, o certo é hidratar intensamente a pele com cremes e loções, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias. A melhor hidratação é aquela que ocorre de dentro para fora, assim, é importante que se beba pelo menos 2 litros de água por dia, evitar o efeito sanfona e praticar exercícios físicos regularmente.

Se essas desprezíveis marcas já te incomodam, existem alguns tratamentos no mercado que não resolvem 100% o problema, mas amenizam bem o aspecto delas. Selecionamos abaixo alguns tratamentos existentes no mercado.

Peeling - tratamento com ácido que estimula a formação de tecido colágeno, melhorando o aspecto das estrias. É importante que esse tratamento seja acompanhado por um dermatologista.

Mesoterapia - uma substância é injetada com agulhas finas no local da estria estimulando a produção de colágeno, que irá preencher os sulcos já existentes na pele deixando as antigas estrias mais estreitas. Cada aplicação leva em torno de 10 minutos e a duração do tratamento é no mínimo de dois meses.

Laser - indicado para estrias avermelhadas (fase inicial), esse tratamento promove a formação de colágeno, provocando o fechamento dos pequenos vasos. O que faz que o tamanho das estrias diminua.

Skinporation - é um equipamento usado nas clínicas de estética que substitui o uso das injeções aplicando uma substância regeneradora de colágeno por meio de uma corrente eletromagnética que substitui o uso das injeções usadas nas aplicações de mesoterapia.

Veja também:

Receitas caseiras contra as estrias.

Receita I
Esta receita divide-se em três passos: esfoliação, massagem com óleo e tonificação. Esta receita deve ser feita uma vez por mês.

Primeiro passo: Esfoliação
Faça uma gomagem para remover as células mortas.

Receita da gomagem:
Ingredientes
• 2 colheres de fubá
• 2 colheres de aveia
• 2 colheres de germe de trigo
• 4 colheres de água
Preparo
Misture tudo e massageie em toda a região a ser tratada. Em seguida, utilize uma bucha vegetal levemente umedecida e faça movimentos circulares.

Segundo passo: massagem com óleo
Massageie as estrias em movimentos ortogonais à sua direção (fazendo um ângulo de 90 graus entre a direção do movimento e a direção das estrias). Por exemplo, se as estrias forem horizontais, faça movimentos verticais. Os movimentos devem ser fortes e intensos para que a circulação seja ativada. O local ficará vermelho e quente. A massagem pode ser feita com rosa mosqueta ou óleo de germe de trigo. Em seguida, aplique uma máscara de mel puro em toda a extensão tratada e coloque um filme plástico em cima deixando agir por cinco minutos.

Terceiro passo: tonificação
Retire com água corrente e aplique a loção cuja receita está aí em baixo.

Receita da loção:
Ingredientes
• Receita da loção:
• ½ litro de soro fisiológico
• 5 gotas de ginseng
• 2 gotas de própolis
• 5 cenouras batidas na centrífuga.
Preparo
Misture os ingredientes. Com um algodão embebido nesta loção, faça uma aplicação por 5 minutos e deixe a região descansar.


Obs.: Como os ingredientes são perecíveis, nem a loção, nem a gomagem podem ser guardadas para um segundo uso.

As estrias não escolhem classe social, idade, cor da pele, muito menos quando vão aparecer. Qualquer um pode ser vítima deste tão desagradável problema. Mas hoje já existe a solução.

O tratamento exclusivo da terapeuta ortomolecular Cristina Maria Carrasco, não possui contra indicações e é indolor. O creme pode até ser usado na prevenção das estrias durante a gravidez. O importante é começar o tratamento o mais cedo possível. Assim, mais rápido será o resultado e a recuperação da sua pele.

Caso você já tenha feito todos os tratamentos e nenhum atingiu o resultado esperado acredite: este tratamento não rejeita nenhum tipo de pele, pois ele é personalizado e adaptado a cada caso, podendo reduzir em até 100% as estrias que já estão instaladas na pele. Afinal, quem tem estrias quer se ver livre delas o mais rápido possível.

O problema atinge qualquer faixa etária
Por conta das mudanças de hábitos, até os homens modernos estão sofrendo com as estrias, que aparecem em diferentes situações, como crescimento, alterações de peso e excesso de musculação.

Decorrentes de alterações ocorridas nas fibras elásticas e colágenas da pele, as estrias são consideradas, pela maioria dos médicos, lesões irreversíveis. Mas, segundo a terapeuta ortomolecular Cristina Maria Neves Oliveira Carrasco, elas podem ser amenizadas e até desaparecerem com o tratamento desenvolvido por ela.

Este procedimento, que é natural e indolor, melhora a aparência da pele logo nas primeiras aplicações, diminui sua depressão e estreita a cicatriz. “Tenho obtido resultados de até 100% de melhora da pele, mesmo em estrias antigas, já brancas. O tratamento também ajuda na prevenção durante a gravidez”, diz a terapeuta.

O tratamento
Todos os procedimentos na clínica começam com uma desintoxicação do organismo. “Porque a visão da terapia ortomolecular é ver a pessoa como um todo”, explica Cristina. Isso é o que faz a grande diferença no tratamento específico para estrias, que é simples e sem contra-indicações.

A técnica está baseada em dois eixos de atuação: a suavização das estrias que já existem, por meio de aplicações de oligoelementos na pele e o creme desenvolvido pela terapeuta; e a prevenção e manutenção, por meio do uso diário do produto.

O tratamento funciona porque os oligoelementos têm um papel fundamental na estruturação da pele com estrias. Eles ajudam na cicatrização e melhoram a qualidade da derme tratada. O creme desenvolvido pela terapeuta ortomolecular Cristina Maria Carrasco pode atuar tanto na prevenção do aparecimento das estrias, como na recuperação de pele com estrias, mesmo as mais antigas.

Corpo no divã.

abril 23, 2008

É só o verão chegar e as nossas roupas parecem encolher! Sem contar a celulite e a flacidez… com a maior exposição do corpo, a cabeça fica cheia de dúvidas. Elle consultou experts para esclarecer algumas das nossas questões existenciais.

 

1. O que é melhor para perder peso rapidamente: praticar corrida ou fazer musculação?
Exercícios aeróbicos, como a corrida, promovem a perda direta de gordura, mas não aceleram o metabolismo. A musculação não queima gordura diretamente, mas acelera o metabolismo, já que faz com que o corpo use a gordura como combustível para o exercício. “O ideal é fazer os dois. Se você praticar somente exercícios aeróbicos, pode até emagrecer, mas corre o risco de apresentar certa flacidez, que pode ser evitada com a musculação”, ensina Marcelo Bueno, personal trainer de São Paulo. “Uma alimentação correta também é fundamental para perder peso”, acrescenta o personal trainer paulista Flávio Settani.

 

 

2. Uso hidratante e creme anticelulite todos os dias. Qual deles devo aplicar primeiro?
“Tudo vai depender da textura dos produtos que serão utilizados. Se o anticelulite for um gel ou uma espuma, por exemplo, você deve aplicá-lo primeiro, esperar que a pele o absorva completamente e aplicar o hidratante em seguida”, explica a dermatologista Catarina Capela, de São Paulo, membro da Academia Americana de Dermatologia. Mas, se o anticelulite for cremoso, aplique-o nas regiões específicas que devem ser tratadas (como glúteos, barriga e coxas) e dispense o hidratante nessas áreas, já que o produto cumpre a função de deixar a pele hidratada.

 

 

3. Há alguma novidade nas técnicas de lipoaspiração?
“Ultimamente alguns médicos têm utilizado técnicas que aspiram mais gordura em menos tempo. Mas essa é uma prática muito perigosa para o paciente”, explica o cirurgião plástico Marco Flavio Mastrandonakis, de São Paulo. Segundo ele, a cirurgia tem se estabelecido como um processo de contorno corporal e não como um procedimento para emagrecer. A lipoescultura é cada vez mais utilizada. “É comum o cirurgião aproveitar a gordura retirada para fazer um enxerto em outro local, tornando os contornos mais harmônicos.”

 

 

4. O que é preciso fazer para acabar com a flacidez nos braços?
Se for uma flacidez muscular, exercícios localizados para o tríceps, o “músculo do tchau”, resolverão. O melhor é procurar a ajuda de um profissional, que indicará os exercícios específicos. “As mulheres têm tendência a acumular gordura na região e, nesse caso, a musculação tem pouco resultado. Somente a lipoaspiração pode realmente resolver o problema se não houver sobra de pele”, afirma o personal trainer Flávio Settani.

 

 

5. É verdade que beber pouca água desacelera o metabolismo?
“Não existe estudo científico que comprove isso. O que sabemos é que a água é necessária para todas as reações químicas do organismo. Diminuir sua ingestão seria, portanto, ruim não só para o metabolismo, mas para o corpo todo”, explica Filippo Pedrinola, endocrinologista de São Paulo. Além disso, beber água é bom para hidratar a pele e o cabelo. “A quantidade correta por dia varia de pessoa para pessoa e também de acordo com a temperatura ambiente. De modo geral, de 2 a 3 litros são suficientes”, acrescenta a endocrinologista Ticiana Rodrigues, de Porto Alegre.

 

 

6. Cremes para a celulite funcionam?
Tudo depende do grau da celulite. Cremes com ativos como retinol (estimula a produção de colágeno e deixa a pele mais firme) e cafeína (melhora a circulação local) são eficientes para tratar os graus 1 e 2, aqueles em que as lesões só aparecem quando você se movimenta ou aperta a pele. “Acima desses graus, principalmente quando há flacidez, é melhor procurar o médico para tratamentos como a radiofreqüência ou para técnicas cirúrgicas, como a subcision”, explica a dermatologista Catarina Capela. “É importante saber que celulite não tem cura. Há tratamentos que melhoram as lesões, mas nada impede que novas ondulações apareçam”, alerta a médica.

 

 

7. Qual é o melhor tratamento para os vasinhos?
Ainda não há nada mais efetivo do que a escleroterapia (injeções de glicose) e as aplicações de laser, que, assim como a escleroterapia, causam um pouco de dor, amenizada por jatos de ar gelado no momento da aplicação. “Os médicos devem localizar e secar as veias nutrícias, que alimentam os vasinhos. Ao secá-las, eliminamos a raiz do problema, tornamos o tratamento mais duradouro e eficaz”, explica o cirurgião vascular Kasuo Miyake, de São Paulo. O problema é que essas veias às vezes não são vistas a olho nu e não são profundas o suficiente para serem localizadas pelo ultra-som. Os médicos só têm a opção de encontrá- las pelo tato. O VeinViewer, um aparelho capaz de mapeá-las, é usado no Brasil em pesquisas e ainda aguarda a aprovação da Anvisa.

 

 

8. Me depilei com cera, tomei sol e acabei ficando manchada. O que devo fazer?
Nesse caso, a única saída é procurar um dermatologista. “Você provavelmente vai precisar de um tratamento clareador, que pode ser feito com ácidos suaves ou hidroquinona”, afirma a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo. Portanto, o melhor é prevenir. Já que a depilação com cera remove a camada mais superficial da pele, evite usá-la no rosto – a simples exposição ao sol do dia-a-dia é capaz de causar manchas. “Outra dica é fazer a depilação alguns dias antes de tomar sol. Se isso não for possível, capriche na quantidade de filtro nas regiões depiladas”, aconselha a dermatologista.

 

 

9. Qual é o melhor tratamento para as estrias?
“O que tem apresentado melhores resultados é o Fraxel, um laser fracionado”, diz a dermatologista Letícia Nanci, de São Paulo. Segundo a médica, ele é seguro para todos os tipos de pele, pois atinge a derme profunda sem ferir a superfície. Estimula também a fabricação de colágeno novo, reestruturando a pele nas camadas mais profundas, exatamente onde as estrias estão. “Trata todos os tipos de estria, mas é claro que as vermelhas, mais recentes, respondem melhor ao tratamento do que as brancas, mais antigas”, afirma Letícia. São necessárias de três a oito sessões, com três semanas de intervalo entre elas. Nesse período, tomar sol fica proibido para evitar o risco de manchas.

 

 

10. Dietas muito restritivas favorecem a flacidez, a falta de viço da pele e a perda de cabelo?
Sim. Dietas que eliminam um grupo alimentar podem levar à carência nutricional, ocasionando deficiências de vitaminas e minerais. Um bom exemplo é a famosa dieta da proteína, em que os carboidratos são eliminados. “Sem carboidratos, o corpo perde sua principal fonte de energia, o que pode levar à redução de massa muscular. Você até emagrece, mas piora a flacidez da pele”, explica o endocrinologista Filippo Pedrinola, de São Paulo. “A dieta ideal é aquela em que se propõe uma reeducação alimentar e que se perde, por exemplo, entre 0,5 e 1 kg por semana, uma perda moderada”, opina Pedrinola.

 

 

11. Posso fazer peeling com freqüência?
“Não. Um peeling equivale a um clareamento dentário. O processo é feito com intervalos longos e você consegue manter os resultados com a escovação diária. Com a pele, é a mesma coisa. Você faz um peeling quando é indicado e mantém o resultado usando cremes específicos para a sua necessidade”, explica a dermatologista Carla Vidal, de São Paulo. Peelings periódicos (seja o químico, em que são utilizados ácidos, seja o físico, que promove a exfoliação mecânica) são contra-indicados para as peles finas e as sensíveis.

 

 

 Veja também:

Cremes para tratamento anti-estrias e anti-celulite.

Benedito é o tratamento.

 

Se na década de 80 ele servia apenas para remover manchas e tatuagens e, ainda assim, parcialmente, hoje é considerado um dos grandes aliados no combate às rugas, estrias, varizes, pêlos.

A evolução foi incrível: só para ter uma idéia, alguns aparelhos de raio laser eram tão grandes que ocupavam um sala inteira. “Atualmente, as máquinas são compactas, têm potências variadas, filtros de luz poderosos e sistemas de resfriamento que liberam água gelada ou ar frio antes de a radiação ser disparada para evitar queimaduras e amenizar a dor”, explica o cirurgião plástico Charles Yamaguchi, presidente da Sociedade Brasileira de Laser (SBL). Existem duas categorias de laser: os ablativos, que removem a epiderme, e os não ablativos, que penetram profundamente na pele sem causar danos. Além disso, você pode contar com a luz intensa pulsada, que, embora não seja laser, age da mesma forma. Cada um tem uma indicação específica, dependendo do comprimento de onda e da potência, mas o princípio é o mesmo: a energia emitida pelo aparelho atinge o que os especialistas chamam de cromóforo, que pode ser o colágeno, um pigmento, uma célula ou um vaso, gerando calor e, conseqüentemente, destruindo ou contraindo os tecidos. Mas nem tudo são flores! Muitas vezes a radiação não é bem empregada e causa bolhas, manchas, queimaduras leves e cicatrizes profundas. “Portanto, é importante fazer o tratamento apenas com especialistas como dermatologistas, angiologistas ou cirurgiões plásticos”, aconselha o dermatologista Paulo Notaroberto, presidente da SBL/Regional Rio de Janeiro.

MARCAS DE ACNE E ESTRIAS

Cicatrizes profundas de acne ou estrias esbranquiçadas e antigas, por exemplo, só são apagadas com os lasers ablativos de CO2 (Ultra-Pulse e Sharplan) ou de Erbium(Ultrafine, Derma 20 e Derma-K), que exigem afastamento do trabalho durante proximadamente um mês, aplicação em centro cirúrgico e urativos semanais. “Se, por um lado, o aquecimento promovido pelo laser estimula a produção de colágeno e a troca da pele, por outro, deixa a região em carne viva, sensível, dolorida e escamando”, alerta o dermatologista Paulo Notaroberto. Já os aparelhos de luz intensa pulsada (Quantum e Starlux) agem de maneira menos agressiva, mas os resultados nem sempre se mostram tão eficazes. Nenhuma das técnicas pode ser aplicada em peles negras, morenas ou bronzeadas. “A grande quantidade de melanina atrai a luz do aparelho de forma desordenada e acaba manchando a pele”, explica o médico. Em tempo: para o tratamento de acnes ativas, os especialistas já contam com o ClearLight, aparelho de luz azul que mata as bactérias causadoras de espinhas.


NÚMERO DE SESSÕES:


- ULTRAPULSE, SHARPLAN, ULTRAFINE, DERMA 20, DERMA-K: 1 sessão

- QUANTUM, STARLUX: 3 sessões, com intervalos quinzenais

- CLEARLIGHT: 4 sessões, também com intervalos quinzenais.


PREÇO POR SESSÃO

- ULTRAPULSE E SHARPLAN: 4 mil reais

- ULTRAFINE, DERMA 20 E DERMA-K,: 1,5 mil reais

- QUANTUM E STARLUX: 600 reais

- CLEARLIGHT: de 100 a 500 reais

RUGAS E LINHAS FINAS

Peles muito envelhecidas só respondem aos lasers ablativos de CO2 (UltraPulse, Sharplan) e de Erbium (Ultrafine, Derma 20,Derma-K). Além de estimular a formação de colágeno, o calor intenso da radiação promove uma esfoliação profunda, capaz de renovar a pele. Para tratar as linhas finas de expressão, são indicados os lasers não ablativos de Nd:Yag 1320 (Cool Touch) e de Nd:Yag 1064 Pulso Longo (Quantum DL, Vasculight, Smartpeel). Mais superficiais, provocam apenas um leve inchaço, que desaparece em 24 horas. Já a luz intensa pulsada (Nova Light, Quantum, Elora) previne o aparecimento das rugas e melhora o tônus da pele.


NÚMERO DE SESSÕES


– ULTRAPULSE, SHARPLAN, ULTRAFINE, DERMA 20 E DERMA-K: 1 sessão

- COOL TOUCH, QUANTUM DL, VASCULIGHT E SMARTPEEL: 5 sessões, com intervalos mensais

- NOVA LIGHT, QUANTUM E ELORA: de 5 a 8 sessões, com intervalos mensais


PREÇO POR SESSÃO


– ULTRAPULSE, SHARPLAN: de 2,5 mil a 5 mil reais

- ULTRAFINE, DERMA 20 E DERMA-K: de mil a 2 mil reais;

- COOL TOUCH, QUANTUM DL, VASCULIGHT, SMARTPEEL: de 500 a 700 reais;

- ELORA E QUANTUM, DE 125 A 500 REAIS; NOVA LIGHT: de 250 a 1,2 mil reais;

TATUAGEM PRETA OU COLORIDA

Se ela for toda preta, para apagá-la utilizam-se os aparelhos de laser Nd:Yag 1064 QSwitch (Softlight, Quantum QSwitch e VersaPulse): eles explodem os pigmentos, transformados em micropartículas, que são absorvidas pelo organismo. As outras cores podem ser eliminadas com o laser de rubi (Epilaser), com exceção do vermelho e do amarelo. Já o VersaPulse apresenta várias freqüências de laser no mesmo aparelho e remove todas as tonalidades. “Para aquelas que estão na dúvida se devem ou não fazer uma tatuagem, digo sempre para optarem pelas tribais. Em caso de arrependimento, é mais fácil eliminar os pigmentos preto e azul-marinho do que o vermelho, o amarelo, o verde e o azul”, diz Paulo Notaroberto. Segundo ele, já é possível se submeter ao tratamento sem a necessidade de anestesia.


NÚMERO DE SESSÕES


– Todos os tipos de laser exigem de cinco a 20 sessões, com intervalos mensais


PREÇO POR SESSÃO


– Varia de 300 a 1,5 mil reais, dependendo do tamanho e da cor da tatuagem

PÊLOS ESCUROS E GROSSOS

Tanto os aparelhos de luz intensa pulsada (Nova Light, Elora, Quantum HR e Epilight) quanto os de laser de rubi (Epilaser), diodo (LightSheer), de alexandrita (GentleLaser) e Nd:Yag 1064 Pulso Longo (Smartpeel) queimam a raiz dos pêlos para que eles cresçam mais finos e em menor quantidade. “O Nova Light provoca um leve ardor no local. A nergia emitida por ele é constante e, por isso, menos potente – mas não menos eficaz – do que a dos aparelhos convencionais, que trabalham com picos de corrente elétrica, mais doloridos. A desvantagem é que não funciona em pêlos brancos”, diz o cirurgião vascular Álvaro Pereira, de São Paulo. Segundo o cirurgião plástico Edmar Fontoura, do Rio de Janeiro, o Elora reduz de 200 para 80 o número de disparos e de 50 para 16 minutos o tempo da sessão de depilação de perna inteira. O laser de rubi, apesar de antigo, é uma boa opção para depilar as orientais, enquanto o de Nd:Yag 1064 Pulso Longo é indicado para negras. O laser de diodo pode ser aplicado em todos os tipos de pele, porém não apresenta bons resultados em pêlos muito finos. Nesse caso, o ideal é o de alexandrita, que também é proibido para peles negras e morenas.


NÚMERO DE SESSÕES


– NOVA LIGHT, QUANTUM HR, EPILIGHT, LIGHTSHEER, GENTLELASER, SMARTPEEL: entre 3 e 6 sessões

- ELORA E EPILASER: entre 5 e 8 sessões, todas com intervalos mensais


PREÇO POR SESSÃO


– NOVA LIGHT, de 250 a 1,2 mil reais

- QANTUM HR, EPILIGHT, LIGHTSHEER, GENTLELASER E SMARTPEEL, de 200 a mil reais

- ELORA, de 125 a 500 reais

- EPILASER, de 150 a mil reais

MANCHAS SENIS OU DE SOL

Os aparelhos de luz intensa pulsada (Quantum, Elora, Photoderm, Starlux), os de laser de rubi (Epilaser), o de Nd:Yag 1064 Pulso Longo (VersaPulse) e o de alexandrita(VersaPulse), apagam sardas e pequenas manchas causadas pelo sol. “A luz é absorvida pelos pigmentos e, três ou quatro dias depois da aplicação, forma-se uma casquinha; quando ela cai, a mancha já está menos evidente”, resume a dermatologista Ana Lúcia Recio, de São Paulo. Apesar de o laser resolver o problema em uma única sessão, a luz intensa pulsada melhora também o tônus da pele. Agora, o desconforto por causa do calor e a proibição para peles negras, morenas ou bronzeadas são comuns às duas radiações.

Para manchas maiores e mais difíceis, como as de gravidez, foi lançado o laser ablativo de diodo (Fraxel Laser), que ainda atenua cicatrizes e rejuvenesce. “A principal diferença quanto aos ablativos de CO2 e de Erbium é que o Fraxel permite a retomada das atividades no dia seguinte. Isso porque produz microperfurações apenas onde é aplicado, deixando o tecido ao redor intacto”, diz Charles Yamaguchi.


NÚMERO DE SESSÕES


– EPILASER E VERSAPULSE: 1 sessão

- QUANTUM, ELORA, PHOTODERM E STARLUX: e 1 a 3 sessões, com intervalos de três semanas

- FRAXEL LASER: de 4 a 5 sessões, com intervalos mensais


PREÇO POR SESSÃO


– EPILASER, VERSAPULSE, QUANTUM, ELORA, PHOTODERM E STARLUX: varia de 250 a 800 reais

- FRAXEL LASER: de 1,5 mil a 2 mil reais

VARIZES E VASOS FININHOS

Os vasos finos e superficiais que aparecem no rosto e nas pernas podem ser tratados com dois tipos de laser: o de Nd:Yag 1064 Pulso Longo (Quantum DL, Vasculight e Smartpeel) e o Nd:Yag 532 Pulso Longo (VersaPulse). Os dois são muito semelhantes, sendo que o primeiro é indicado para vasinhos maiores. “Ambos não podem ser usados em pessoas de pele negra, morena ou bronzeados e provocam certo desconforto no momento da aplicação. Mas apresentam resultados rápidos – os vasinhos da face desaparecem no mesmo dia e os das pernas após um mês”, afirma Paulo Notaroberto. Para as varizes, que em geral têm mais de 3 milímetros de diâmetro, a solução é a cirurgia feita com laser de diodo (Endovascular). “Apesar de ser menos eficiente do que a cirurgia tradicional de retirada das varizes necessita apenas de anestesia local e reduz de 20 para um dia o tempo de repouso”, compara o médico.


NÚMERO DE SESSÕES


– QUANTUM DL, VASCULIGHT, SMARTPEEL E VERSAPULSE: de 1 a 4 sessões, com intervalos mensais

- ENDOVASCULAR: 1 sessão


PREÇO POR SESSÃO


– QUANTUM DL, VASCULIGHT, SMARTPEEL E VERSAPULSE: de 200 a 800 reais

- ENDOVASCULAR: de 3,5 mil a 10 mil reais

acabar com as estrias, acabar com estrias, acabar estrias, acido retinoico estrias, acido retinoico para estrias, acne, amenizar estrias, anti estrias, anti estrias loreal, beleza, bioplastia, bom para estrias, cabelos, carboxiterapia, carboxiterapia estrias, carboxiterapia para estrias, causa estrias, celulite, celulite estrias, celulitis, cicatrizes, cirurgia estrias, cirurgia para estrias, cirurgia plastica para estrias, cirurgia plástica, clinica de estética, combate a estrias, combate as estrias, combate estrias, combater as estrias, combater estrias, como acabar com as estrias, como acabar com estrias, como combater as estrias, como combater estrias, como eliminar as estrias, como eliminar estrias, como evitar as estrias, como evitar estrias, como evitar estrias na gravidez, como prevenir estrias, como previnir estrias, como se livrar das estrias, como tirar as estrias, como tirar estrias, como tratar as estrias, como tratar estrias, contra estrias, corporal, cosméticos, creme anti estrias, creme contra estrias, creme de estrias, creme estrias, creme para estrias, cremes anti estrias, cremes para estrias, cura das estrias, cura estrias, cura para estrias, curar estrias, depilação, depilação a laser, depilação definitiva, dermatologia, dieta, diminuir estrias, disfarçar as estrias, disfarçar estrias, drenagem linfática, eliminar as estrias, eliminar estrias, emagrecer, emagrecimento, esconder estrias, estetica, estetica estrias, estria, estrias, estrias a laser, estrias acido, estrias antes e depois, estrias antigas, estrias atroficas, estrias atróficas, estrias avermelhadas, estrias bio medicin, estrias brancas, estrias como acabar, estrias cremes, estrias de caspary, estrias de gravidez, estrias densas, estrias durante a gravidez, estrias e celulite, estrias e celulites, estrias em homens, estrias fisioterapia, estrias forum, estrias fotos, estrias gravidez, estrias na barriga, estrias na gestação, estrias na gravides, estrias na gravidez, estrias na pele, estrias nas costas, estrias nas unhas, estrias no seio, estrias nos seios, estrias pdf, estrias roxas, estrias seios, estrias tem cura, estrias tratamentos, estrias tratamiento, estrias vermelhas, estética, evitar estrias, evitar estrias na gravidez, facial, famosas com estrias, fim das estrias, flacidez, fotos de estrias, fraxel estrias, gestação, gordura, gordura localizada, gravidez, inforum estrias, laser, laser estrias, laser para estrias, lifting, limpeza de pele, lipoaspiração, manchas, manchas na pele, maquiagem, maquiagem para estrias, massagem, medicina estética, melhor tratamento para estrias, mesoterapia, mulheres com estrias, o que causa estrias, o que são estrias, o que é estrias, obesidade, peeling, peeling estrias, peeling para estrias, pele, plastica estrias, plastica para estrias, pomada para estrias, prevenir estrias, prevenir estrias na gravidez, prevenção de estrias, prevenção estrias, previnir estrias, produtos para estrias, receitas, redutor de estrias, reduzir estrias, redução de estrias, rejuvenescimento, rejuvenescimento facial, remedio para estrias, remover estrias, remoção de estrias, retirada de estrias, retirar estrias, rugas, simpatia para estrias, simpatias para estrias, sobre estrias, tipos de estrias, tira estrias, tirar estrias, tratamento anti estrias, tratamento celulite, tratamento contra estrias, tratamento das estrias, tratamento de estria, tratamento de estrias, tratamento estrias, tratamento natural para estrias, tratamento p estrias, tratamento para celulite, tratamento para estrias, tratamento pra estrias, tratamentos de estrias, tratamentos para celulite, tratamentos para estrias, tratar estrias, tudo sobre estrias, www estrias com br, cido retinóico estrias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.